RELEASES EMPRESARIAIS

TERÇA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2018 - Horário 9:32
nbe
ECO/ PRNewswire - Você conhece os adoçantes naturais?

SÃO PAULO, 3 de julho de 2018 /PRNewswire/ --

Stevia 100%

Descoberta a partir da observação dos índios Guarani, que utilizavam as folhas para adoçar bebidas e medicamentos, a planta Stevia Rebaudiana é a matéria-prima do adoçante Stevia.

As folhas dessa planta concentram os edulcorantes, que são substâncias que entregam o sabor doce chamadas de glicosídeos de steviol, principalmente os tipos esteviosídeo e rebaudiosídeo A, que tem poder de dulçor 300 vezes superior ao do açúcar. Assim, para preparar o adoçante Stevia, utiliza-se o edulcorante extraído da folha da stevia e um veículo que o transporta, que pode ser água, maltodextrina, lactose, entre outros. Entende-se como veículo o produto utilizado na formulação dos adoçantes com as propriedades de conferir volume e ou proporcionar diluição conveniente, facilitando o seu uso.

'Com Stevia' ou 'Stevia mix'

Essa opção de Stevia parece totalmente natural, mas nem sempre é.

Os blends nada mais são do que a mescla entre substâncias de diferentes naturezas. No caso do 'Com Stevia' ou 'Stevia mix', é utilizado os glicosídeos de steviol, e outros edulcorantes, como sorbitol, sucralose, sacarina e ciclamato. O objetivo dessa mescla é diminuir o sabor característico da planta e reduzir custo. Dependendo da mistura, o adoçante perde a naturalidade.

A Stevia normalmente é encontrada em pequena quantidade na combinação entre as substâncias. Nos blends, o sabor que prevalecerá será o do adoçante em maior abundância.

Como a variedade entre os adoçantes é grande, para analisar um produto é muito importante observar a lista de ingredientes. O primeiro ingrediente é sempre aquele que vem em maior quantidade.

Xilitol

O Xilitol é um adoçante encontrado naturalmente em frutas, vegetais, liquens, algas, madeiras, e no milho. Adoça na mesma proporção que o açúcar, mas com menos calorias, 2,4 calorias por grama. Não causa elevação na glicemia. Por isso pode ser utilizado por diabéticos e tem efeito anticariogênico.

O Xilitol apresenta um sabor suave, facilmente confundido com o açúcar. Ele pode ser utilizado para o preparo de receitas levadas ao forno ou fogão. É importante analisar a origem do xilitol quando este é extraído do milho, pois muitas vezes pode ser transgênico, o qual recebe genes para tornar o grão mais resistente a pragas. O alimento não transgênico exige um controle mais rigoroso, desde a seleção de sementes até plantio, colheita e armazenamento.

Contato: 0800 722 7546  

FONTE Linea


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.