RELEASES EMPRESARIAIS

QUARTA-FEIRA, 10 DE JULHO DE 2019 - Horário 16:28
nbe
ECO/ PRNewswire - Inverno: a melhor época para cuidar da pele

SÃO PAULO, 10 de julho de 2019 /PRNewswire/ -- Junto com as ondas de frio, chega também a oportunidade de investir na própria aparência e prepará-la para quando as temperaturas subirem. De acordo com a dermatologista Dra. Bárbara Faria-Corrêa, os procedimentos corporais têm uma procura muito maior nesse período já que a exposição ao sol e ao calor diminuem.  Por isso, trata-se da época mais recomendada para obter as melhorias tão desejadas na face e no corpo por meio de tratamentos dermatológicos. 

Entre os procedimentos que fazem mais sucesso, está o bioestímulo de colágeno com ácido poli-L-lático, conhecido pelo nome de Sculptra®, para o rejuvenescimento da pele. "Os bioestimuladores de colágeno são utilizados para tratar a flacidez do bumbum, da parte interna das coxas e do abdômen. Eles são mais procurados nessa época do ano pois, assim, a paciente pode se preparar para estar com o corpo bacana no verão", afirma a especialista.

O ácido poli-L-lático (PLLA), o produto estimula as células a produzirem colágeno, dando mais sustentação à pele. "O benefício das aplicações corporais de ácido poli-L-lático é, principalmente, o tratamento da flacidez, melhorando a textura da pele e deixando-a mais firme", aponta a dermatologista. Além de ser pouco invasivo, o tratamento apresenta resultados graduais logo após a primeira sessão e tem duração comprovada de até 25 meses.

"Quando falamos de protocolos corporais, a paciente precisará de, em média, três sessões por área, além de uma ou duas aplicações de manutenção por ano", complementa a Dra. Bárbara. Além disso, as sessões possuem um intervalo de 30 a 45 dias, encaixando perfeitamente no cronograma do inverno. Agindo de dentro para fora, a dermatologista compara Sculptra® com uma poupança de colágeno que garante a qualidade da pele.

Além de todos esses cuidados, vale lembrar que o inverno também exige uma atenção especial voltada para a pele. A queda nas temperaturas e a baixa umidade do ar podem causar ressecamento e banhos muito quentes podem ser prejudiciais. É importante mantê-la sempre hidratada e não dispensar o uso de protetor solar, além de seguir uma alimentação saudável e adequada.

Sobre a GaldermaPresente em 100 países desde a sua fundação, em 1961 até o presente momento, a Galderma conta com um extenso portfólio dedicado ao tratamento de uma variedade de condições dermatológicas. A empresa se dedica também a promover parcerias com profissionais conceituados ao redor do mundo com o objetivo de atender as necessidades de médicos e pacientes durante todas as fases de suas vidas. A. Galderma é líder em pesquisa e desenvolvimento de soluções cientificamente definidas e medicamente comprovadas para a pele, cabelos e unhas. Para mais informações visite: http://www.galderma.com.br/

FONTE Galderma


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.