RELEASES EMPRESARIAIS

SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2019 - Horário 18:13
nbe
ECO/ PRNewswire - Na transformação digital, quem é você?

SÃO PAULO, 18 de novembro de 2019 /PRNewswire/ -- O mercado vive a segunda onda da transformação digital, focando agora em metas de negócios e crescimento sustentável. Nessa nova fase, entra em cena de forma massiva a inteligência artificial (AI), ajudando a automatizar processos manuais e a tirar o peso de processos repetitivos dos ombros de profissionais de diferentes setores.



Os gastos globais com transformação digital alcançarão US$ 1,18 trilhão em 2019, aumento de 17,9% em relação a 2018, prevê a IDC. E os investimentos mundiais em tecnologia focada em "digital transformation" (DX, da sigla em inglês) totalizarão US$ 6 trilhões nos próximos quatro anos. A justificativa do levantamento para essa alta é clara: a transformação digital é grande propulsora do crescimento dos negócios. Não há como escapar e a na área de Comunicação não é diferente.

E com tantos projetos de transformação acontecendo de forma intensa, um elemento é chave nessa jornada: as pessoas. Engajar e motivar talentos para obter sucesso na jornada de transformação é fundamental. Há quem se adapte aos sinais dos tempos e apoie a mudança e outros parecem não entender o valor dessa virada. Afinal, quem é você na transformação digital? Separei quatro perfis. Você se identifica com algum?

Preso ao passado

"Mas por que mudar? Tudo o que fazemos até agora sempre deu certo." Essa é a frase típica de quem está preso ao passado e não quer mergulhar de cabeça na transformação digital. Ter a tecnologia mais recente não serve para nada se a mentalidade de alguns talentos estiver apegada ao ontem. Lembre-se: o que definiu o sucesso do passado pode definitivamente não determinar o sucesso do amanhã. O paradigma digital é um inimigo de processos lentos ou extremamente hierárquicos e um amigo da flexibilidade.

Âncora

"Ah, mas não sei. Não vai dar certo isso." Esse é o tipo de pensamento do profissional âncora, aquele que não acredita no potencial da mudança, não quer mudar por nada e ainda quer ser aquele que carrega todo o time para baixo.

Cada um no seu quadrado

Para a transformação digital funcionar, é preciso apostar na colaboração intensa. Se você acredita que na transformação cada setor ou profissional precisa desenvolver sua estratégia está enganado. A tecnologia permite o compartilhamento de conhecimento e inovação colaborativa como nunca. Quando a resistência é grande, a empresa pode começar com pequenos grupos para quebrar paradigmas e depois escalar para toda a organização.

Líder de torcida

É aquele que acredita na transformação, motiva e engaja os demais para o sucesso da iniciativa. Ser um líder de torcida significa ainda fazer conexões em toda a organização. Esse tipo de pessoa define a rota e ajuda a manter o navio na direção certa; lembrando a todos onde a empresa está e para onde é preciso ir.

A dificuldade em encontrar talentos predispostos ou com as habilidades exigidas pelo ambiente digital é um desafio comum para muitas empresas. Mas é também uma questão de preencher funções novas e bem definidas. Ao descobrir o caminho, certamente você se beneficiará da boa onda da transformação digital.

Perfil do autor no LinkedIn (link): https://www.linkedin.com/in/thaisantoniolli/

Informações para contato: Daniela Penna E-mail: daniela.penna@pitchcom.com.br +55 (11) 94145-6532

Vídeo: https://mma.prnewswire.com/media/1031266/PRNEWSWIRE.mp4

FONTE PR Newswire América Latina


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.