RELEASES EMPRESARIAIS

QUARTA-FEIRA, 17 DE JUNHO DE 2020 - Horário 11:12
nbe
ECO/ PRNewswire - Quais as melhores técnicas de Marketing Digital por ramo de atuação?

PORTO ALEGRE, Brasil, 17 de junho de 2020 /PRNewswire/ -- Muito tem se falado sobre a importância de investir em Marketing Digital ou até mesmo de utilizar as redes sociais para promover o seu produto. 

Porém, a questão que fica é: quais as estratégias de Marketing que dão certo? Quais as melhores técnicas de Marketing Digital por ramo de atuação? Quais ações é possível colocar em prática?

Para os empreendedores ou até mesmo profissionais da área que desejam entender quais as ações e estratégias válidas para cada canal, neste artigo vamos abordar todas as técnicas possíveis para que você possa começar a aplicar em seu negócio e já começar a ter retornos significativos nas vendas do seu produto e no reconhecimento da sua marca. Vamos lá!

O que é SEO

Ainda que de maneira superficial, você já deve ter ouvido falar sobre SEO dentre as técnicas de Marketing Digital, certo?

Mas, de fato, o que é SEO? A sigla é utilizada para representar, em inglês, o termo Search Engine Optimization, que nada mais é do que uma técnica de otimização de textos para que os motores de busca identifique essa criação e a classifique em uma de suas páginas, dependendo da qualidade do seu texto.

Sabe quando você pesquisa no Google sobre qualquer assunto? Pois bem, aquele primeiro texto ou link que aparece como resposta para a sua dúvida possui técnicas de SEO, no qual foram identificadas pelo buscador como a resposta mais completa para os usuários. 

Traduzindo, o que o Google quer é unir os seus usuários as respostas corretas para as suas dúvidas. Ou seja, suponhamos que você queira saber "como instalar um chuveiro elétrico", assim não faz o menor sentido, você ser direcionado para um conteúdo que não fale sobre instalações de chuveiros elétricos, correto?

Então, essa classificação de qual texto ou artigo corresponde a determinadas dúvidas, é o que o SEO faz realmente. Para isso, o SEO se baseia no uso de palavras-chave adequadas. Retomando ao exemplo sobre "como instalar um chuveiro elétrico", existem algumas palavras-chave para essa dúvida, sendo elas:

Instalação de chuveiro Chuveiro elétrico Como instalar chuveiro Como colocar chuveiroEnfim, há várias maneiras do usuário pesquisar isso no Google, porém, todas as formas levam a mesma dúvida, portanto, se o seu texto tiver essas palavras e a determinada questão respondida com sucesso, o Google te levará para as primeiras posições.

Entendeu o que é SEO? Então, vamos para o próximo tópico!

O que é Tráfego Pago

A questão é: quando você vende um produto, independente de qual seja ele, você sabe que existem MILHÕES de pessoas interessadas nesse produto. 

Porém, apenas meia dúzia acompanha o seu trabalho nas redes sociais, mora na mesma cidade que você ou tem o seu contato. 

Então, como alcançar essas milhares de pessoas? Contratar um robô para conseguir novos seguidores? Distribuir panfletos na rua? Colocar carro de som? Mudar de cidade, todo ano?

Não! É exatamente aí que entra o tráfego pago. Quando você começa a executar um trabalho de Marketing Digital em prol do seu produto, você consegue alcançar muitos frutos de maneira orgânica, porém, em algum momento, para crescer em grande escala, será necessário recorrer ao tráfego pago. 

Falei da importância, mas até agora não expliquei o que é tráfego pago, Então, vamos lá! 

O tráfego pago é basicamente os anúncios pagos que são feitos dentro de sites, redes sociais ou até mesmo buscadores, no qual levam usuários até o seu produto.

Provavelmente, você já viveu essa experiência. Logo, vai ficar muito mais claro o que é tráfego pago depois desse exemplo. Sabe quando você pesquisa algo na internet? 

Por exemplo, você pesquisa um celular novo nas Casas Bahia, minutos ou horas depois você assiste um vídeo no Youtube e aparece uma propaganda de um smartphone, ou até mesmo, enquanto está rolando o feed do Instagram, aparece uma promoção de celular.

Isso é coincidência? Não! Na verdade, as marcas e empresas pagam para chegar até você, que é um público interessado. Você, como empresário, pode fazer o mesmo e descobrir as MILHARES de pessoas que são interessadas no seu produto, mas sequer ouviram o nome da sua marca na vida, por questões geográficas mesmo.

Quais canais para anunciar ADS (FaceADS, Insta ADS, Google ADS, LinkedinADS, YoutubeADS)

Agora que você já sabe o que é tráfego pago e a importância de ter isso em seu negócio, vamos entender quais canais você tem disponível para anunciar? Bora!

Os mais clássicos são Facebook e Instagram Ads, ambos do mesmo dono, os objetivos e modelos de anúncios são bastante semelhantes. É possível utilizar um mesmo criativo (denominado como o conteúdo do anúncio) nas duas redes, ou você pode fazer um anúncio diferente, com linguagem diferente para cada uma das plataformas. 

Esses são os mais comuns, pois já trouxeram números bastante significativos para empresas, é onde o público da maioria das empresas está, o custo não é tão alto e a plataforma é bastante acessível. Mas este é o único canal para anunciar?

A resposta é não. Existe também o Google Ads e o Youtube Ads, ambos são desenvolvidos dentro da mesma ferramenta. Os anúncios do Google são sempre relacionados à pesquisa. Voltando a suposição inicial, onde você pesquisaria no Google "como instalar chuveiro elétrico", empresas que prestam esse serviço poderiam criar um anúncio do seu site para que você possa entrar e contratar esse tipo de serviço.

Esses anúncios de pesquisa do Google, geralmente, são as primeiras respostas que aparecem e o direcionamento é sempre para o site empresarial da marca.

Já do Youtube Ads, diz respeito aquelas propagandas que aparecem no meio do vídeo. O criativo do anúncio precisa, necessariamente, ser um vídeo e deve conter de 7 a 15 segundos. Por ser menos utilizado pelas pequenas e médias empresas, o ROI (retorno por investimento) pode ser ainda mais interessante.

Por fim, temos o Linkedin Ads, que é uma plataforma pouco desbravada em questões de anúncios. Até porque, o Linkedin, em si, começou a ser utilizada como uma rede social popular há pouco tempo. Ainda é um mercado bastante voltado para as vendas B2B.

Canais gratuitos de divulgação (Youtube, Conteúdo e Redes Sociais)

Porém, se você ainda não tem uma presença digital muito forte, existem alguns canais importantes onde você pode fazer divulgação de maneira gratuita e orgânica. 

Os canais são os mesmos: Youtube, Blog, Facebook, Instagram e Linkedin. Mas como produzir conteúdos para determinadas plataformas e ter um retorno em relação a isso?

Primeiro, é importante conhecer seu público, entender com quem você está se comunicando e o que essas pessoas querem ver/esperam da sua empresa. 

Suponhamos que você venda produtos de aromaterapia, por exemplo, não dá para postar um vídeo ensinando sobre receitas culinárias no Youtube, certo? Uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Portanto, o ideal é estar alinhado com a sua audiência e ir aumentando gradativamente as pessoas que te acompanham, para que elas conheçam o seu produto, saibam o que você vende e até mesmo, se encante com a experiência que você pode oferecer para ela. 

O que é Marketing de Conteúdo

Aqui, vamos entender o que é Marketing de Conteúdo. Em outras palavras, é uma estratégia muito utilizada pelas empresas, para atrair os olhares de novas pessoas a sua marca, através da produção de conteúdos interessantes. 

Esse tipo de estratégia, não é voltada diretamente para venda. De maneira inteligente, são construídos conteúdos que mostram como o produto pode solucionar um problema ou dor constante daquele público. E as vendas, são consequências de um árduo trabalho dentro das redes sociais.

Vejamos a seguinte situação, um professor de Matemática está começando a oferecer cursos online para quem pretende prestar vestibular. Que tipo de conteúdo seria mais interessante para esse público: "Vende-se curso online de matemática" ou "05 assuntos de matemática que sempre caem no vestibular"?

Claramente a segunda opção, isso porque, o desejo de todo aluno é saber o que vai cair no vestibular para conseguir se preparar melhor e focar nos assuntos e matérias certas na hora de estudar. Ninguém quer, logo de cara, comprar um curso de Matemática.

Primeiro, porque o público já tem esse material em sala de aula, segundo porque Matemática é uma das matérias mais odiadas pelos estudantes. 

Não é um produto atraente, as pessoas só compram quando realmente entende quem é necessário, que possuem uma dor latente. Por isso, é tão importante criar conteúdos que sejam capazes de identificar e sanar essa dor. 

Marketing Digital para Medicina

Esse é a pergunta que mais recebemos: é possível fazer Marketing Digital para a área de Medicina? É permitido? E a resposta é SIM!

Médicos e demais profissionais e empresas da área da saúde podem utilizar o Marketing Digital para promover o seu trabalho. 

Temos alguns exemplos de profissionais e empresas que fazem isso de maneira muito assertiva, como é o caso do Ginecologista Ricardo Silveira, da empresa Maconequi e Segura Medicina. 

Ambos possuem sites que demonstram todo o serviço oferecido por eles, as especialidades, produzem conteúdos e, consequentemente, divulgam seu produto ou serviço. 

Através de recursos como o SEO do blog (ou até mesmo do site) do Maconegui, por exemplo, é possível que pessoas que nunca tenham ouvido falar da marca, possam conhecer o produto e tê-los como opção de compra, quando necessário.

Claro que dentro do Marketing Digital para medicina exige-se uma cautela maior, pois estamos falando de procedimentos técnicos e que envolve a vida de seres humanos, qualquer informação transmitida errada pode prejudicar a marca ou o profissional por trás. 

Além disso, o próprio órgão de fiscalização deste setor, frisa bastante sobre a questão de publicidade na saúde e as regras aplicadas.

Tipos de marketing recomendados para área de Saúde

Loja virtual de produtos hospitalares: Google ADS e SEO

Site de serviços de medicina: Google meu negócio, SEO e YOUTUBE (alguns casos Google ADS e Face ADS é necessário verificar à permissão e suas regras junto ao órgão do setor)

Consulte o órgão federal ou regional sobre as regras para publicidade online.

Marketing Digital para Advogados

Provavelmente, você já teve um ou conhece alguém que teve algum problema no qual precisou do auxílio de um profissional da advocacia para solucionar, certo?

Quando esse tipo de situação ocorre, existem 2 maneiras de você encontrar um profissional para te ajudar. 

A primeira delas, é através de indicação. Sempre tem algum colega ou familiar, que conhece algum profissional formado na área. A segunda opção é pesquisar no Google: "Advogado em Porto Alegre", por exemplo.

No segundo caso, que é uma das opções mais comuns, é necessário que tenha um trabalho de Marketing Digital para advogados, para que os clientes se conectem com esses profissionais. 

Existem advocacias que executam esse trabalho de maneira bastante eficiente, como é o caso da Campos Consultoria Jurídica e Advocacia Criminal Poa. 

Através do Google Adwords, por exemplo, eles (e qualquer empresa que tenha vontade de alcançar novos públicos) podem fazer anúncios e segmentar com auxílio de palavras-chave a região em que atua ou serviços prestados. 

Os anúncios têm como objetivo gerar tráfego, ou seja, visitas para o seu site, no intuito de gerar vendas para o seu serviço ou produto.

Tipos de marketing recomendados para advogados

Google meu negócio, SEO e YOUTUBE (alguns casos Google ADS e Face ADS é necessário verificar à permissão e suas regras junto ao órgão do setor). Também recomendamos para alguns nichos o marketing de conteúdo.

Consulte a OAB de sua cidade sobre as regras para publicidade online.

Marketing Digital para sites de Energia Solar

A cada dia que passa a sociedade está buscando economizar com energia elétrica e se adaptando aos costumes da energia solar ou fotovoltaica, como é tecnicamente conhecida. 

Por isso, também é possível e extremamente viável executar um trabalho de Marketing Digital para sites de Energia Solar. Existem dois exemplos/cases a ser seguido desse nicho, que são: Ideia Solar e Energia Eco. 

Para esses casos, a estratégia de mídia paga através do Google Adwords também é bastante válida. Isso porque, só para você ter ideia as palavras-chave "energia fotovoltaica" é pesquisada, pelo menos, X vezes no mês. Logo, há muita oportunidade de mercado para mergulhar com a ajuda do Marketing Digital.

Tipos de marketing recomendados

Google meu negócio, Google ADS, Face e Insta ADS, SEO, YOUTUBE. Também recomendamos para alguns nichos o marketing de conteúdo.

Marketing Digital para Negócios Locais

Especialmente em 2020, o Marketing Digital para Negócios Locais se tornou uma ferramenta essencial para o faturamento de muitas empresas. Com a pandemia, o comércio local com forte presença física, precisou fechar as portas e como manter uma empresa como essa faturando? A resposta é simples: utilizando a internet para vender.

Para nichos locais, bem específicos, uma grande estratégia seria o Google Meu Negócio. No qual, você indica ao Google o serviço ou produto que vende e o local em que atende. 

Por exemplo, você é dono de uma pizzaria. Então, você coloca informações sobre a sua pizzaria no Google e ele mostrará para todos que estiverem procurando sobre pizzas nesta região.

Isso unido às  vendas através do WhatsApp e redes sociais, faz com que a Goiânia Películas e Target Expo, por exemplo, continue mantendo o seu faturamento mensal, superando com maior tranquilidade (comparado às outras empresas) a crise econômica em que o país está vivendo. 

Tipos de marketing recomendados para empresas locais

Google meu negócio, Google ADS, Face e Insta ADS, SEO. Também recomendamos para alguns nichos o marketing de conteúdo.

Marketing Digital para Cursos Online

Outra coisa que mudou durante a pandemia foi a maneira da população estudar. Se a onda de fazer cursos online, sem precisar sair de casa, no seu tempo, já era uma boa ideia por si só, imagina com a implementação do isolamento social?

Muitas escolas aderindo às aulas online, o que tem se tornando um costume e as empresas deste nicho têm tudo para ter um espaço ainda mais significativo na vida das pessoas. 

Então, se você tem uma empresa que oferece exatamente esse tipo de produto, investir em Marketing Digital para Cursos Online é uma estratégia de negócio inteligente, pois o retorno pode ser significativo a médio e longo prazo. 

Exemplos disso é o FBV Cursos, que oferece cursos gratuitos, a Merco Fit ou até a Novos Cursos que são empresas que têm produzido conteúdos tanto para as redes sociais, quanto vídeos mais completos no Youtube, anúncios e outros para seu público e, consequentemente, vêm conseguindo atrair novos clientes para o seu negócio. 

Tipos de marketing recomendados

Google ADS, Face e Insta ADS, SEO e marketing de conteúdo.

Marketing Digital para Loja Virtual de Roupas

Como falamos ao longo do texto, os hábitos dos consumidores vêm mudando. Antes, as pessoas preferiam ir a uma loja e passar horas buscando pela peça que mais lhe atraia. Com a correria do dia a dia, há um número significativo de pessoas que pagam o quanto for necessário pela praticidade de poder comprar ali no celular, sem sair de casa, sem ter que enfrentar filas. 

Por isso, Marketing Digital para Loja Virtual de Roupas têm dado muito certo, especialmente em uma era em que há muitas indicações e dicas de blogueiras sobre modelos, looks e o que usar em casa ocasião. 

A Loja Ano Zero, por exemplo, tem delineado muitas estratégias de investimentos no Google Ads, para que as pessoas tenham a empresa como uma das primeiras opções quando pesquisam por esse nicho, utilizam as redes sociais para demonstrar seus produtos e etc.

Nesse caso, falando de lojas virtuais com atendimento 100% online, é possível ver como o Marketing Digital conciliado com as ideias e estratégias corretas tem tudo para gerar muitas vendas. Uma vez que a receita destas empresas vem somente desta publicidade digital.

Tipos de marketing recomendados

Google ADS, Face e Insta ADS, SEO e marketing de conteúdo.

Marketing Digital para Blog de Games

Antigamente, o sonho da maioria dos meninos era ser jogador de futebol, por exemplo.

Hoje é ser jogador profissional de algum game online e blogs voltados para esse nicho têm crescido bastante, uma vez que esse público mais jovem acompanha assiduamente os campeonatos e buscam por notícias em tempo real das atualizações de gráficos e resultados dos games. 

Nesse caso, o Marketing Digital para Blog de Games entra na produção do conteúdo constante, na utilização das redes sociais para divulgação destes conteúdos e também implementação de anúncios do Google AdSense, que funciona da seguinte maneira: o responsável pelo blog, disponibiliza um espaço dentro do site para que outras empresas coloquem suas publicidades. 

A cada clique nos anúncios, o Google te paga uma pequena porcentagem por isso. Logo, é extremamente interessante produzir conteúdos relevantes, para aumentar as visitas do seu site e, consequentemente, manter esses visitantes o maior tempo possível em seu domínio.

Os profissionais gamers que cuidam do site Valorant Brasil, por exemplo, que é um portal de notícias da Valorant Brasil executa esse trabalho com maestria e, por isso, obtém números significativos de visitas mensais.

Agora que você já tem uma boa base sobre estratégias e técnicas de Marketing Digital, viu como é importante investir neste segmento se quiser ter escala de vendas? 

Se você vê potencial de crescimento e deseja isso, podemos criar um plano de ação de Marketing para sua empresa, baseado nas melhores estratégias de negócios e cases, basta entrar em contato com Agência WnWeb ou Ninja SEO.

Agora, se ainda tem dúvidas sobre Marketing de Conteúdo, Mídia Paga e etc, continue acompanhando os artigos do nosso blog.

 

FONTE Agência WnWeb


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.