RELEASES EMPRESARIAIS

SEGUNDA-FEIRA, 27 DE JULHO DE 2020 - Horário 10:04
nbe
ECO/ PRNewswire - ANVISA aprova autoinjetor para diminuir exposição hospitalar de pacientes em tratamento oncológico

SÃO PAULO, 27 de julho de 2020 /PRNewswire/ -- A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou um autoinjetor, o Neulastim® On-Body Injector (OBI), desenvolvido pela Amgen, uma das líderes de biotecnologia, que tem potencial de diminuir a exposição hospitalar de brasileiros em tratamento oncológico1. Os pacientes que recebem quimioterapia imunossupressiva precisam retornar ao hospital para receber o fator de crescimento, que é indicado para melhorar o sistema imune do paciente. Com essa aprovação, o paciente poderá ser conectado a uma tecnologia com autoinjetor automático alimentado por bateria e que aplicará a medicação aproximadamente 27 horas após o tratamento.2

É o primeiro e único autoinjetor automático disponível para a prevenção de neutropenia febril. Em outros países onde o produto já foi aprovado, 97% dos pacientes relataram estarem satisfeitos com o uso do aparelho2, que proporciona a mesma eficácia e segurança do que a aplicação hospitalar² e sem a necessidade de uma ida a mais ao hospital.

"A aprovação neste período de pandemia vai além do suporte ao tratamento oncológico. É uma oportunidade de diminuir a exposição ao contágio do COVID-19 deste grupo de risco, além de permitir maior qualidade de vida", explica Dra. Tatiana Castello Branco, Diretora Médica da Amgen no Brasil.

Além de empoderar os pacientes oferecendo a independência que buscam, o custo hospitalar é diminuído e o tempo de aplicação de pegfilgrastim é reduzido em 17%¹. A farmacocinética e a segurança do pegfilgrastim administrado pelo autoinjetor foi comparável ao método de injeção manual em um estudo de Fase I 3e demonstrou que é uma tecnologia de fácil aplicação e comodidade, além de reduzir 93% das internações associadas a neutropenia febril4. 

 

1 Johnson P, Essoi BL, White Jc, et al. Survey of Oncology Clinic Personnel Resource utilization associated with prophylactic Pegfilgrastim adminstered by On-Body injector (OBI) or manual injection.  Support Care Cancer. 2016, eP163.2 Mahler NP,  DiBlasi RN, Perez RN, et al. Implementing Neulasta OnBody Injector (OnPro). Stony Brook Cancer Center.20163 Yang BB, Morrow PK, Wu X, Moxness M, Padhi D. Comparison of pharmacokinetics and safety of pegfilgrastim administered by two delivery methods: on-body injector and manual injection with a prefilled syringe. Cancer Chemotherapy and Pharmacology. 2015 Jun 1;75(6):1199-206.4 Vogel CL, Wojtukiewicz MZ, Carroll RR, et al. First and Subsequent Cycle Use of Pegfilgrastim Prevents Febrile Neutropenia in Patients with Breast Cancer: A Multicenter, Double-Blind, Placebo-Controlled Phase III Study. J Clin Oncol. 2005;23(6):1178-1184.

FONTE Amgen


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.