RELEASES EMPRESARIAIS

SEGUNDA-FEIRA, 25 DE FEVEREIRO DE 2019 - Horário 12:22
nbn
StartHubPress - Universal Robots ganha prêmio de "Ergonomia do Trabalho"

(Starthub Press, 21 dez, 2018)

A Fundação Argentina de Ergonomia (FADE) reconheceu a Universal Robots como uma empresa "ergonomicamente responsável" durante seu seminário de ergonomia do trabalho, no Instituto Tecnológico Beltran da cidade de Avellaneda, na Argentina. A Universal Robots lidera o desenvolvimento de braços robóticos colaborativos que representam um dos mais importantes avanços tecnológicos que emergiram da comunidade robótica em décadas.



O evento contou com a participação de mais de 100 profissionais da área de segurança, saúde, leis e representantes sindicais. Dr. Nestor Ribet, Secretário Executivo do Conselho Consultivo do Instituto Tecnológico Beltrán, que destacou a importância do seminário, definiu a Universal Robots como uma empresa visionária na nova era da robótica. "O trabalho da Universal Robots no campo de aplicações de robôs colaborativos tem permitido a entrada em setores antes impensáveis em quase todos os âmbitos. O foco da companhia em robôs que trabalham ao lado de pessoas e de fácil uso, tem despertado enorme interesse entre empresas de pequeno e médio porte. Em um mundo cada vez mais caracterizado por pessoas e robôs trabalhando juntos, os avanços tecnológicos pioneiros da UR desempenham um papel fundamental", disse Ribet .



A Universal Robots permanece como a líder de mercado em robôs colaborativos, também conhecido como "cobots", com a atual cota de 58% de todos os cobots vendidos no mundo, registrando um rápido crescimento em 2018. O engenheiro Tomás Lerbach, gerente de tecnologia para a América Latina da empresa, recebeu o prêmio em nome da UR. "Processos de produção precisam de pessoas para se concentrarem em tarefas cognitivas e os cobots para a realização do trabalho repetitivo, prejudicial ou perigoso”, afirma Tomás.



Líder na sua posição e aumentando constantemente o nível do que o termo "colaborativo" implica, a UR entende que o rótulo “colaborativo” não significa apenas que os robôs podem colaborar diretamente com humanos sem proteção de segurança entre eles. O termo também aborda a facilidade de uso e flexibilidade, uma vez que um robô não é realmente colaborativo se não for acessível e fácil de usar.



Para o gerente de tecnologia da UR, os cobots não tem como objetivo a substituição de funcionários. "Queremos deixar o controle da automação de fábricas nas mãos dos operadores. Em vez de substituir as pessoas, queremos dar-lhes uma ferramenta para tornar seu trabalho mais eficiente, deixar de lado o trabalho danoso para capacitar pessoas como tomadoras de decisão e para lidar com mais tarefas de valor agregado, fazer isso pode ser o melhor resultado a longo prazo derivado do uso de robôs colaborativos", ressalta o engenheiro.



Sobre o Prêmio Ergonomia do Trabalho


O prêmio de Ergonomia do Trabalho é um prêmio concedido anualmente a empresas, sindicatos, órgãos governamentais, universidades e ONGs que contribuíram significativamente para o desenvolvimento da ergonomia do trabalho.



© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.