RELEASES EMPRESARIAIS

QUINTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2019 - Horário 16:44
nbn
StartHubPress - Astros migram da TV para a internet e apostam no YouTube; confira oito dicas para ter sucesso


A internet está mudando a forma como as pessoas consomem conteúdo de forma cada vez mais rápida. De acordo com a Agência Zenith, ainda este ano, a audiência da internet superará a da televisão do mundo, o que altera completamente o mercado audiovisual. E não são apenas os espectadores que estão migrando para o digital: muitos astros da TV estão investindo em canais virtuais.

“O YouTube é a bola da vez, e nomes importantes do entretenimento já perceberam isso pois não querem perder seu público. Além de ser uma ferramenta que permite uma maior liberdade de produção de conteúdo do que os canais de TV”, aponta Sérgio Tristão, especialista em marketing digital e fundador da First 4 Digital, empresa que é uma das principais do Brasil na produção de conteúdo audiovisual para a internet.

Tristão tem em seu portfólio projetos no Youtube com famosos como Fernanda Keulla, Mirella Santos, Carol Castelo Branco, Mariana Kupfer, entre outros, e também é constantemente procurado por celebridades consagradas na TV como Guilhermina Guinle, Adriane Galisteu e Carolina Ferraz. “É um mercado que só tende a crescer e ganhar cada vez mais rostos conhecidos. A TV está ficando para trás”, diz o especialista.

Espaço para inovação


Uma das chaves para o crescimento do YouTube é a ampla possibilidade de conteúdos para produzir, desde um simples canal de entrevistas até vídeos de bastidores e outros formatos. Foi Tristão quem produziu e dirigiu o primeiro reality show brasileiro na plataforma, expandindo depois para gravações na Europa.

“É um formato que dá muito certo e que cada vez mais influencers estão apostando. Em um dos episódios, mostramos os bastidores de um dos últimos “Programa do Gugu” na TV Record, gravado em Istanbul a convite do Ministério do Turismo da Turquia, e aquilo impulsionou bastante a audiência do programa na televisão. O próprio Gugu e seu diretor vieram me parabenizar depois”, conta Sérgio Tristão.

Segundo Tristão, as emissoras estão cada vez mais tentando levar o público da internet para a televisão. No entanto, a relação às vezes é conflituosa.

“Eu produzia o canal da apresentadora Fernanda Keulla, e um dos trechos exibidos no YouTube foi ao ar na novela Pega Pega sendo comentado por um dos personagens. Logo depois a Fernanda foi convidada para fazer um teste na emissora e passou para apresentar o GShow na internet e o Vídeo Show na TV. Assim que ela assinou o contrato, me ligaram pedindo para tirar o canal do ar, inclusive o vídeo que eles próprios exibiram na TV. O maior medo da Globo é o Youtube e a Netflix”, aponta Tristão.

8 dicas para ter sucesso


Há um caminho muito longo entre gravar um vídeo e ter sucesso no Youtube, sendo eventualmente pago pela própria plataforma, que tem um sistema de monetização de seus vídeos – nomes como Whindersson Nunes, Felipe Neto, Kondzilla e Porta dos Fundos fazem fortuna apenas na rede social, por exemplo. Sérgio Tristão lista oito dicas importantes para ter sucesso no Youtube:

Espontaneidade


A grande maioria do público do Youtube busca na plataforma algo que não encontra na TV: conteúdo espontâneo. Os vídeos de bastidores, por exemplo, estão entre os de maior sucesso. É importante que tudo flua com naturalidade e não seja tão preso a roteiros.

Interação com quem está atrás das câmeras


Outro ponto importante é interagir com quem tá gravando e com toda a equipe. Isso cria no espectador uma sensação de intimidade e traz audiência.

Edição baseada em métricas


É importante que a edição dos vídeos tenha sempre como guia as métricas de audiência fornecidas pelo Google Analytics. É preciso saber qual o tempo médio de retenção dos vídeos, e só uma produtora especializada em internet pode conduzir a edição visando a melhoria dessas estatísticas. Caso contrario, a audiência vai lá pra baixo.

Frequência


Definir uma periodicidade para os vídeos é fundamental, pois isso cria um “compromisso” com o público, que sempre vai esperar vídeos em determinado dia e hora. É importante não deixar de publicar os vídeos com uma frequência.

Planejamento


Por mais que os vídeos precisem fluir com naturalidade, é importante ter um planejamento bem definido para o conteúdo dos próximos vídeos. Isso dá um “norte’ para o canal

Estrutura de equipamentos


Os vídeos não precisam ser super produções de Hollywood – é até bom que não sejam – mas é necessário que seja minimamente bem gravado. Aspectos como áudio, luz e fotografia devem ser de qualidade para dar credibilidade ao canal.

Divulgação


Não adianta ter o melhor canal do mundo e ninguém assistir. É necessário um esforço de divulgação, seja pelas redes sociais ou por meio de uma assessoria digital.

Mídias Sociais


É importante que as redes sociais estejam interligadas, com conteúdos definidos para cada uma delas. Assim, você consegue levar o seu público do Instagram para o Youtube, e vice-versa.="https://www.alura.com.br/">www.alura.com.br 

© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.