RELEASES EMPRESARIAIS

QUINTA-FEIRA, 24 DE OUTUBRO DE 2019 - Horário 17:26
nbe
ECO/ PRNewswire - 5 ferramentas que ajudam na rotina do profissional de comunicação

SÃO PAULO, 24 de outubro de 2019 /PRNewswire/ -- A transformação digital é inevitável, irrefreável e irreversível. Ela veio para ficar e todos os setores já estão nessa jornada. No setor de Comunicação não é diferente. Os profissionais que souberem surfar essa onda certamente se destacarão. Mas com tantas ferramentas tecnológicas que apoiam o dia a dia do talento da área, como escolher por onde começar?

Separei algumas dicas de ferramentas simples que podem ajudar você a se organizar melhor e extrair informações relevantes e fundamentais. Acompanhe:

1.  Analytics

A maior mudança dos últimos tempos no setor de Comunicação é a importância da análise e a capacidade de mostrar resultados mensuráveis aos C-Levels. Se antes uma ótima reportagem em uma mídia de grande circulação era algo extremamente relevante e almejado, hoje esse elemento é apenas parte do todo. Agora, é necessário apurar como converter essa visibilidade em benefício da marca, como aumentar as vendas, como capturar audiência do público correto. E a única maneira de fazer isso é por meio análise mensurável.

De acordo com uma pesquisa da Cision de 2018, 77% dos profissionais de comunicação sentem que poderiam medir melhor o retorno sobre o investimento (ROI) do seu trabalho, nesse cenário, ou seja, utilizando-se de analytics e métricas.

Mas lembre-se: nenhum ferramental tecnológico será efetivo se você não determinar quais métricas sua equipe deve rastrear em um mundo perfeito. Visualizações de mídia? Informações demográficas do público-alvo? Escolha o seu mundo ideal! Eleja uma atividade específica e compile o máximo de métricas possíveis. Acostume-se com os dados e eles serão seu maior aliado.

2.  Inteligência artificial

Até 2020, empresas vão direcionar US$ 79,2 bilhões em todo o mundo para projetos de inteligência artificial (AI), segundo a consultoria IDC. AI certamente impactará e mudará bastante o setor de Comunicação. E isso acontecerá especialmente em análises. Por enquanto, esse é um potencial ainda pouco explorado. Portanto, essa provavelmente será a maior maneira de as relações públicas mudarem nos próximos cinco anos.

Outro campo que a AI ajudará será na análise de sentimentos para textos e postagens públicas em redes sociais. Hoje, grande parte do conteúdo (texto, áudio ou vídeo) não é extraído, analisado e armazenado. Contudo, se a IA puder "comoditizar" isso, será muito benéfico para a indústria.

3.  Automação

A automação por meio de automação de robotic process automation (RPA) já está agregando valor para muitas profissões e empresas e na comunicação o potencial é enorme. Há muitas tarefas manuais que podem ser automatizadas para conceder ao profissional o que o diferencia das máquinas: o poder aumentado da criatividade. Em um futuro não muito distante, a automação será a grande propulsora da produtividade.

4.  SEO

Que tal se tornar um encantador de algoritmos? Isso é possível ao usar a estratégia de search engine optimization (SEO). A maioria dos profissionais de comunicação reluta em mergulhar no SEO simplesmente porque acreditam ser complicado, embora você provavelmente já conheça os benefícios: obter mais exposição para as pessoas que procuram a sua marca.

Nesse sentido, o Google Adwords Keyword Planner pode ajudar. Essa ferramenta gratuita destaca as expressões com maior volume de pesquisa no mundo ou em um local específico.

Você pode testar se os termos que planejou usar correspondem à maneira como as pessoas pesquisam ou pode obter sugestões com mais volume de pesquisa com base em seus pensamentos iniciais.

Essa ferramenta ajudará você a escrever um comunicado à imprensa de forma estratégica. Você também pode usar o Google Trends para satisfazer suas ideias de comunicação de longo prazo. A ferramenta gratuita mostra gráficos de interesse ao longo do tempo para uma palavra ou expressão específica. Você pode ver se o interesse aumenta ou diminui, ou se há alguma sazonalidade.

5.  Foque no Core Business

De nada adianta passar pelos quatro passos anteriores, se você não tiver foco e quiser fazer tudo e para todos. Concentre-se onde você é bom e onde realmente possui um diferencial. Para as outras frentes de negócios, busque parceiros estratégicos relevantes em áreas específicas que poderão agregar valor e expertise à sua oferta.

Bem, e em que passo dessa jornada você está?

Daniela Penna +55 (11) 94145-6532 E-mail: daniela.penna@pitchcom.com.br

FONTE PR Newswire América Latina


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.