RELEASES EMPRESARIAIS

TERÇA-FEIRA, 5 DE NOVEMBRO DE 2019 - Horário 18:22
nbe
ECO/ PRNewswire - LAFIS: Vendas do e-commerce crescem no primeiro semestre, mantendo otimismo do setor

SÃO PAULO, 5 de novembro de 2019 /PRNewswire/ -- De acordo com dados divulgados pela consultoria Ebit/Nielsen, o faturamento do comércio eletrônico nacional cresceu 11,9% em relação ao mesmo período do ano passado, alcançando R$ 26,4 bilhões em vendas. Ainda que diante de uma base de comparação mais baixa, tendo em vista os efeitos negativos da greve dos caminhoneiros no primeiro semestre de 2018, tal resultado positivo foi influenciado pelo bom desempenho do setor em datas comemorativas, como Dia das Mães, que faturou R$ 2,2 bilhões (+5%/2018), e o Dia dos Namorados, que também apresentou um faturamento de R$ 2,2 bilhões, o que representa um avanço de quase 25% em relação ao mesmo período de 2018.

Tal resultado foi acompanhado por um avanço no número de pedidos, passando de 54,4 milhões nos primeiros seis meses de 2018 para 65,2 milhões no mesmo período deste ano, um avanço de 19,9% e o mais intenso dos últimos cinco anos nesta base de comparação. Além disso, o número de e-consumidores ativos, ou seja, pessoas que fizeram ao menos uma online no período, alcançou 29,4 milhões de clientes no primeiro semestre deste ano (+7,3%/2018). Destes, 18,1% realizaram sua primeira compra no comércio eletrônico nacional no período, somando 5,3 milhões de e-consumidores.

Por fim, cabe destacar que os pedidos realizados via m-commerce1 representaram 43,1% do total de pedidos do comércio eletrônico no primeiro semestre deste ano, enquanto, no mesmo período do ano passado, esta participação foi igual a 32%. Em termos de faturamento, as vendas via dispositivos móveis alcançaram R$ 9,6 bilhões entre janeiro e junho de 2019, o que representa 36% do faturamento total do setor e um crescimento de 43% em relação ao primeiro semestre de 2018.

Desta forma, o bom desempenho das vendas no comércio eletrônico nacional no período contribui para a manutenção da perspectiva otimista do setor quanto aos resultados esperados para este segundo semestre e, consequentemente, para o encerramento do ano de 2019. Tal otimismo considera também as vendas de final de ano, que contempla importantes datas para o comércio eletrônico nacional, como Black Friday e Natal, tendo em vista que estas deverão ser beneficiadas pela liberação dos recursos do FGTS e PIS/Pasep iniciada em outubro deste ano. Neste sentido, a Lafis espera um crescimento de 13,3% no faturamento do setor em 2019, alcançando R$ 60,3 bilhões.

¹vendas realizadas via dispositivos móveis (celulares, tablets, por exemplo)

Especialista Responsável: Fernanda Rodrigues: Mestre em Economia Aplicada, pela Universidade Federal de São Carlos, atua como Especialista Setorial em Serviços ao Consumidor, canalizando esforços para o desenvolvimento e processamento de pesquisas quantitativas/qualitativas relacionadas aos mais variados tipos de serviços - comércio varejista geral, bancos, sistemas de saúde, e-business, entre outros.

Mais Informações:

Lafis Consultoria ? www.lafis.com.brStefany Conessa ? stefany.conessa@lafis.com.br  (11) 3257-2952

FONTE LAFIS


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.