RELEASES EMPRESARIAIS

SEXTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019 - Horário 11:42
nbe
ECO/ PRNewswire - Especialista em performance, Lincoln Nunes presta mentoria para empresário Porcel alcançar melhores resultados

CANOAS, Brasil, 22 de novembro de 2019 /PRNewswire/ -- Participante e ganhador do reality show O Aprendiz, em 2005, Porcel é atualmente CEO do Grupo Nexo, composto por cinco empresas de comunicação e marketing digital. Além disso, ele também fala um pouco sobre alta performance e resultados.



Passados quase 15 anos de sua participação no programa comandado por Roberto Justus, o empresário desenvolveu uma sólida trajetória no empreendedorismo, especialmente no meio digital.

Mesmo sendo um especialista em Marketing, ajudando diversos clientes a se posicionarem digitalmente, Porcel não dispensou a contratação do mentor e especialista em performance Lincoln Nunes para melhorar ainda mais seus resultados.

Satisfeito com o desempenho obtido, Porcel afirma que sua carreira é dividida em antes e depois do trabalho com Lincoln Nunes, que o auxiliou a "hackear sua própria vida".

O termo, derivado do inglês hack ? comumente utilizado no campo da informática e da tecnologia para indicar a possibilidade de invadir um computador para promover alguma modificação ou obter algum conhecimento privado ?, demonstra a necessidade de se conhecer profundamente um sistema.

Hackear a vida e a si mesmo - como o trabalho realizado por Lincoln Nunes com Porcel - é fazer com que o cliente tenha conhecimento do seu próprio funcionamento em um nível profundo a fim de operar mudanças. 

Neste trabalho, o especialista levou em conta os hábitos e a rotina do empresário, auxiliando-o a entender onde seriam necessárias mudanças para elevar sua performance e, consequentemente, obter mais resultados.

Uma dessas mudanças foi justamente deixar de confundir produtividade com exaustão. Ou seja, Porcel aprendeu que trabalhar demasiadamente, como já fazia há alguns anos, não significava ser mais produtivo, pelo contrário.

Lincoln Nunes realizou um processo chamado por ele de mentoring-coaching, que vai um pouco além do processo de coaching habitual. Isso porque Lincoln, além de extrair do cliente informações por intermédio de perguntas - como habitualmente faz no processo de coaching -, também promove a condução do melhor caminho. "É uma mentoria mesmo, como um mentor", resume.  

Os encontros têm, em média, uma hora de duração e são realizados de forma virtual, uma vez que Porcel vive nos EUA e Lincoln, no Brasil. Para o CEO do Grupo Nexo, habituado a trabalhar virtualmente, a distância não é um problema. Para Lincoln também não, já que costuma atender seus clientes de diversas partes do mundo desta forma, o que tem funcionado bem, possibilitando que muitos empresários e atletas tenham acesso ao seu método.

Dentro deste processo de mentoring-coaching, são trabalhados os hábitos ruins e as fraquezas de Porcel, entendendo os fatores que podem interferir na melhora do desempenho do empresário. Além disso, há também o reforço dos hábitos positivos, auxiliando o cliente a compreender a ciência por trás de suas condutas e, até mesmo, a incluir um novo hábito.

"A maioria das pessoas não sabe como criar um novo hábito no seu dia a dia, porque elas não têm acesso à estratégia, à metodologia e à melhor forma de fazer isso. Então, a partir do meu método, que construí com elevado embasamento científico, eu auxilio o Porcel e os outros clientes a realizarem isso", explica Lincoln Nunes.

A inclusão de hábitos extraordinários, como acordar mais cedo do que o habitual e meditar, e a eliminação de condutas ruins - como não planejar seu dia antes de começar a trabalhar - são os primeiros passos para um empresário atingir outro nível de performance. É como ocorre com um atleta.

No entanto, ao contrário do esportista - que precisa treinar repetitivamente seus movimentos para melhorá-los -, um empresário como Porcel, que possui múltiplas empresas, precisa encontrar seus momentos de relaxamento para produzir mais. Em outras palavras, quanto menos exaustão houver para um empresário, mais ele pode produzir em menos tempo.

"Trabalhar por longas horas sem inteligência, sem organização, sem um planejamento é bem diferente de produzir. O conceito de produtividade está, na maioria das vezes, internalizado erroneamente, porque muitos acreditam que, quanto mais horas trabalham, mais estão produzindo. A verdade é que isso, na prática, não funciona, porque todos nós sabemos que quem trabalha longas horas sem intervalo, sem objetividade, vive estressado, está sempre sem tempo - nunca conseguindo cuidar de si e de sua família", pontua o especialista.

"E, por mais que essa pessoa ganhe muito dinheiro, a verdade é que ela poderia estar ganhando muito mais. Porém, com saúde e sabendo controlar o estresse e tendo tempo para ela mesma e para sua família. Trabalho inteligente é aquele que gera mais resultado com menos esforço. Isso sim é ser produtivo", conclui Lincoln.

Sobre Lincoln Nunes: https://instagram.com/lincolnnuness

PUBLICIDADE & ASSESSORIAContato: (62) 3637-7720 | 99369-8643E-mail: contato@linomix.com.brhttp://www.linomix.com.br

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1034389/Fabio_Porcel.jpg?p=original

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1034390/Lincoln_Nunes.jpg?p=original



FONTE Lincoln Nunes


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.