RELEASES EMPRESARIAIS

QUINTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2020 - Horário 10:02
nbe
ECO/ PRNewswire - Gerencianet avalia voltar ao trabalho presencial apenas após liberação da vacina de Covid-19

SÃO PAULO, 18 de junho de 2020 /PRNewswire/ -- A Gerencianet, instituição de pagamento com sede em Ouro Preto (MG), avalia estender o trabalho em regime de home office para todos os quase 150 colaboradores até que a vacina contra a Covid-19, causada pelo novo coronavírus, esteja disponível. A empresa, que possui um escritório também em São Paulo, aderiu ao trabalho remoto no início de março. Com essa medida, a instituição se junta ao Google, Facebook e Amazon, outras empresas de tecnologia que anunciaram a extensão do período do trabalho remoto.  

De acordo com o CEO da empresa, Evanil Paula, a empresa não pretende adotar o home office de maneira definitiva para todos. No entanto, neste momento de pandemia, está focada para que o trabalho presencial volte a acontecer somente quando houver total segurança. "Acredito que só estaremos 100% tranquilos, sem risco de novos surtos, quando tivermos acesso a uma vacina. Atualmente, a curva de contágios no Brasil segue crescendo e não queremos expor nossos colaboradores ao risco. Além disso, mantendo o trabalho remoto, contribuímos para a diminuição da circulação de pessoas", explica. Ainda segundo ele, caso haja uma mudança positiva no cenário, em que seja possível voltar ao trabalho presencial antes do acesso à vacina, a decisão poderá ser reavaliada. A empresa, no entanto, não acredita em uma volta antes de setembro.  

O contrato dos funcionários que não conseguem desempenhar suas atividades de casa será mantido, independente do período de home office. Participante do programa Não Demita, a empresa não realizou redução do quadro durante a pandemia e segue com processo seletivo aberto. Algumas vagas serão em regime home office mesmo após a pandemia.

Ações para adaptação dos colaboradoresDesde o início das recomendações de distanciamento social no Brasil, a Gerencianet realizou todas as ações para que os colaboradores pudessem atuar de casa com todos os recursos necessários. Dessa forma, mesmo no cenário de pandemia, as atividades da empresa continuam acontecendo normalmente. "Oferecemos apoio logístico para que os colaboradores pudessem levar todos os equipamentos necessários, como monitores, cadeiras, mesas, suportes de tela, apoio de pé. Nossa preocupação foi possibilitar que todos pudessem trabalhar em segurança e com o mesmo conforto do escritório. Dessa forma, buscamos manter todas as atividades da empresa funcionando normalmente", completa.  

Outra preocupação da empresa foi buscar formas de manter os colaboradores próximos. Com isso, aderiu a realização de reuniões online frequentes com todos os funcionários para passar informações sobre o funcionamento da empresa, análise de cenário ou simplesmente ter um momento de proximidade.  

Além disso, foram realizadas outras ações para auxiliar a adaptação ao momento de pandemia, como a flexibilização do horário de trabalho para os colaboradores que tem filhos e a disponibilização de aulas de ginástica laboral e meditação.  

Segmento essencial durante a pandemiaComo uma conta digital para negócios, a empresa presta um serviço bastante utilizado nesse momento de pandemia e, por isso, está focada em manter tudo funcionando normalmente. "Com o distanciamento social, as formas de pagamento online, que já estavam em crescimento, são ainda mais importantes, pois permitem que os empreendedores façam suas cobranças sem precisar de contato com os clientes. Além disso, com o cenário de aumento do desemprego, muitas pessoas migram para o empreendedorismo. Por isso, sabemos da importância de manter os serviços funcionando plenamente", finaliza. 

FONTE Gerencianet


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.