RELEASES EMPRESARIAIS

SEGUNDA-FEIRA, 20 DE JULHO DE 2020 - Horário 11:32
nbe
ECO/ PRNewswire - Brasileiros com mais de 50 anos inscritos no Cadastro Positivo são os que menos comprometem a renda com crédito consignado, revela Serasa Experian

SÃO PAULO, 20 de julho de 2020 /PRNewswire/ -- Estudo inédito da Serasa Experian feito com base nas informações do Cadastro Positivo identificou, dentre aqueles que utilizam alguma modalidade de crédito bancário, que a população acima de 50 anos tem uma melhor consciência financeira na hora de contratar empréstimo consignado. Segundo o levantamento realizado em maio, a população deste grupo pagou uma parcela média de R$ 432, o que representa 14,0% da renda ? o menor comprometimento na comparação com as demais faixas etárias. O resultado é próximo da média geral, 14,2%.

"O débito direto na folha de pagamento ou na aposentadoria tende a facilitar o controle das despesas no mês porque quem contratou deveria considerar como salário mensal disponível o valor já com o desconto. Com mais experiência de vida, as pessoas acima dos 50 anos costumam estar numa fase financeira mais cuidadosa", diz o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

Os brasileiros acima dos 50 anos também são os mais adeptos ao crédito consignado no país. De acordo com o estudo, 30,0% dos brasileiros com mais de 50 anos inscritos no Cadastro Positivo tinham algum empréstimo consignado ativo em maio. O menor uso foi visto entre os jovens de 18 a 25 anos (2,4%) e, na média geral da população, a taxa ficou em 16,2%.

Segundo Rabi, por ter juros mais baixos e o desconto direto na fonte, o consignado é uma modalidade que costuma atrair o consumidor, principalmente para fazer a substituição de dívidas. "Com muito planejamento e de forma consciente, é um recurso que serve de alternativa para cobrir o pagamento de contas mais caras, como cartão de crédito e o cheque especial, dando fôlego ao orçamento para evitar a inadimplência."

Considerando a população em geral, o Nordeste lidera o uso do consignado com 20,4%. Na sequência estão: Norte (18,5%), Sudeste (16,0%) e Sul (15,4%). Na outra ponta, o Centro-Oeste é a região que menos utiliza essa modalidade de crédito, com 13,9%.

Curso on-line e gratuito para apoiar a saúde financeira dos brasileiros

A Serasa Experian disponibiliza um curso on-line e gratuito para contribuir com a saúde financeira e empoderar economicamente a população brasileira. O conteúdo apresenta fundamentos básicos de educação financeira, essenciais para ajudar aqueles que precisam organizar as finanças.

Para participar, basta acessar o link: www.serasaexperian.com.br/acoes-covid e procurar pelo tema: Curso Básico de Orientação Financeira. Ainda nesta página, é possível encontrar informações sobre as demais iniciativas da Serasa Experian para ajudar consumidores e empresas durante este momento desafiador.

Contato: Paulo Alves | serasaexperian@edelman.com

FONTE Serasa Experian


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.