RELEASES EMPRESARIAIS

QUARTA-FEIRA, 2 DE SETEMBRO DE 2020 - Horário 2:34
nbe
ECO/ PRNewswire - Mainstream Renewable Power fecha segunda fase do acordo do financiamento da geração eólica e solar no Chile no valor de cerca de US$ 1,8 bilhão

DUBLIN, 2 de setembro de 2020 /PRNewswire/ --  A Mainstream Renewable Power ("Mainstream" ou "A Empresa"), uma companhia de desenvolvimento solar e eólico global, obteve o fechamento financeiro para a segunda fase da "Andes Renovables", a plataforma de geração de energia eólica e solar de propriedade integral e totalmente contratada de 1,3 gigawatt no Chile.

A Empresa angariou com sucesso US$ 620 milhões em financiamento para a construção da segunda fase de uma das maiores plataformas de geração eólica e solar da América Latina. O valor totaliza US$ 1,25 bilhão angariado até o presente pela plataforma Andes Renovables.

O financiamento preferencial foi fornecido por um consórcio de cinco bancos: IDB Invest, KfW IPEX-Bank, DNB, CaixaBank e MUFG, e é um dos maiores acordos de financiamento de dívida para energia renovável no mundo no corrente ano. Um sexto banco, o Santander, forneceu o financiamento das obrigações fiscais (VAT facility).

A segunda fase da Andes Renovables com capacidade de 630 megawatt (MW), denominada "Huemul", é composta de três ativos de geração eólica onshore e dois de geração solar fotovoltaica. Todos os cinco ativos estão em fase de pré-construção e atingirão operações comerciais entre 2021 e 2022. Gerarão eletricidade sustentável suficiente para abastecer 781.000 residências chilenas e deslocarão 744.200 toneladas métricas de CO2 por ano.

A Andes Renovables é uma plataforma de geração eólica e solar de três fases no valor de aproximadamente US$ 1,8 bilhão composta de sete ativos de geração eólica onshore e três de geração solar fotovoltaica. A primeira fase, a Cóndor, obteve o fechamento financeiro em novembro de 2019 e já tem acima de 30% do projeto completo. O empreendimento criou cerca de 1.200 empregos nas três regiões do país e continuou com segurança durante a pandemia da covid-19 sob protocolos sanitários e de distanciamento social rigorosos. A fase seguinte e final, a "Copihue", é composta de um ativo eólico adicional com a capacidade de 100 MW e deve obter o fechamento financeiro na primeira metade de 2021.

Vestas, Nordex Group e Siemens Gamesa estão fornecendo as turbinas eólicas, e os ativos da usina eólica serão construídos pela Sacyr Industrial, SEMI e Elecnor. Os ativos solares fotovoltaicos serão construídos pela Sterling & Wilson e Metka-Egn. Todos os cinco principais transformadores de energia para os projetos serão fornecidos pela Hitachi ABB Power Grids. Os projetos de conexão da grade serão executados pelo consórcio da Transelec, Inprolec e Isotron-Siemens.

Mary Quaney, diretora de grupo da Mainstream disse: 

"Obter o fechamento financeiro na segunda fase de nossa plataforma Andes Renovables é um passo adicional positivo na jornada da Mainstream em direção ao fornecimento da plataforma número um de geração de energia solar fotovoltaica e eólica na América Latina. 

"Apesar do cenário econômico incerto causado pela covid-19, o anúncio de hoje é testemunho do suporte do consórcio bancário da Mainstream como a principal empreendedora independente de energia renovável do mundo.

"A Mainstream está desenvolvendo algo muito maior do que a soma de suas inúmeras partes: a plataforma Andes Renovables é prova da infraestrutura da energia renovável em escala maciça e chega em um momento vital para o Chile quando o país procura investir em uma recuperação verde e sustentável da covid-19 descarbonizando seu sistema elétrico e também reduzindo o preço da geração da energia nacionalmente". 

Manuel Tagle, gerente geral da Mainstream para a América Latina disse: 

"O marco mais recente foi atingido ao obtermos um progresso excelente na construção da primeira fase da plataforma e estou muito satisfeito pela resposta de nossas equipes no local às condições difíceis criadas pela pandemia.

"O impacto econômico e ambiental da plataforma é muito significativo, e o projeto de desenvolvimento de 2,7 gigawatts de ativos eólicos e solares em adição à plataforma Andes Renovables demonstra que a Mainstream continua comprometida a oferecer uma contribuição ainda maior ao Chile para o futuro próximo". 

Notas aos editores:

Sobre a Mainstream Renewable Power no Chile 

Em 2016, a Mainstream venceu o maior leilão de eletricidade tecnologicamente neutro já realizado no Chile, arrematando 27% da capacidade total alocada. A Comissão Nacional de Energia do Chile concedeu à Mainstream um contrato de 20 anos com indexação e denominado em dólares (US) para fornecer 3.366 Gigawatt-hora de energia firme a partir de 2021. A Empresa também forneceu 332 MW adicionais de geração eólica no Chile, por meio da plataforma Aela, com seu parceiro de joint venture, a Actis, entregando sua primeira usina eólica para operações comerciais em 2014. A Mainstream possui ativos adicionais de geração eólica e solar fotovoltaica com capacidade de 2.700 MW em andamento no Chile.

Informações detalhadas do projeto

Plataforma Andes Renovables 

Fase 

Nome 

MW Eólico Onshore

MW Solar Fotovoltaico

Operação Comercial 

1

Cóndor

3 ativos (426MW)

1 ativo (145MW)

2021

2

Huemul

3 ativos (425 MW)

2 ativos (205 MW)

2021 - 2022

3

Copihue

1 ativo (100 MW)

Não se aplica

2022

951 MW (eólico onshore)

350 MW (solar FV)

Fase dois ? Ativos Huemul  

Nome

 do Ativo 

Tecnologia 

Capacidade

em MW  

Região

Operação

 Comercial

Fornecedor

 do Equipamento 

Contratante

da Obra 

Puelche

Sur

Energia eólica

onshore

156

Los Lagos

2022

Nordex

Group

SEMI

Llanos del

Viento

Energia eólica

onshore

160

Antofagasta

2022

Siemens

Gamesa

Elecnor

Ckani

Energia eólica

onshore

109

Antofagasta

2022

Vestas

Sacyr

Industrial

Pampa

Tigre

Solar FV

100

Antofagasta

2021

Contrato de EPC completo:

Metka-Egn

Valle

Escondido

Solar FV

105

Atacama

2021

Contrato de EPC completo:

Sterling & Wilson

TOTAL 

630

Contato: Emmet Curley, diretor de comunicações e posicionamento Fone: +353 86 2411 690 E-mail: emmet.curley@mainstreamrp.com 

Sobre a Mainstream Renewable Power

A Mainstream Renewable Power é a única desenvolvedora independente do mundo de ativos de energia eólica e solar em grande escala com presença global. Tem como foco fornecer um portfólio de alta qualidade, de mais de 9 GW de ativos eólicos e solares na América Latina, África, Ásia-Pacífico e no setor eólico offshore globalmente. 

A Mainstream já entregou mais de 800 MW de ativos eólicos e solares em operações comerciais e, atualmente, está construindo mais 1,5 GW na América Latina e África.  

No Chile, a Mainstream é proprietária integral de 1,3 GW de projetos eólicos e solares totalmente contratados, que iniciarão suas operações comerciais a partir de 2021. Na África, a empresa entregou 600 MW de ativos eólicos e solares em operações comerciais na África do Sul e, atualmente, tem 250 MW de ativos eólicos em construção na região. Através de sua joint venture Lekela Power na África possui 410 MW de ativos eólicos em construção no Senegal e no Egito. 

A Mainstream é a desenvolvedora independente de energia eólica offshore em grande escala mais bem-sucedida globalmente. Obteve com sucesso a autorização para a Hornsea One (1,2 GW), a maior usina eólica offshore operacional no mundo atualmente; e desenvolveu o projeto Hornsea 2 (1,4 GW) antes da venda desses projetos e da Zona completa em 2015. A Mainstream obteve permissão total para o projeto eólico offshore Neart na Gaoithe na Escócia, 450 MW, atualmente em construção. 

O Soc Trang, o empreendimento eólico offshore de 800 MW da Mainstream no Vietnã, é um dos maiores projetos de energia renovável do Sudeste Asiático. A Empresa assinou um acordo com a Eni, a companhia de energia global, para a colaboração em projetos potenciais de energia renovável na África e no Sudeste Asiático com o foco inicial na 4ª fase offshore do Reino Unido. 

A Mainstream angariou mais de 3 bilhões de euros em financiamento de projetos até o presente e conta com acima de 300 funcionários em cinco continentes.

www.mainstreamrp.com 

 

FONTE Mainstream Renewable Power


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.