RELEASES EMPRESARIAIS

QUARTA-FEIRA, 28 DE OUTUBRO DE 2020 - Horário 9:04
nbe
ECO/ PRNewswire - MMI SpA lança tecnologia inovadora, promovendo a microcirurgia robótica com os menores instrumentos cirúrgicos de pulso do mundo

Primeiros procedimentos realizados com o sistema cirúrgico Symani

CALCI, Itália, 28 de outubro de 2020 /PRNewswire/ -- MMI SpA, uma empresa italiana dedicada a melhorar os resultados clínicos para pacientes submetidos a microcirurgia, anunciou hoje a CE Mark, o lançamento e o primeiro uso humano de seu Sistema Cirúrgico Symani® na Europa para procedimentos microcirúrgicos abertos. As primeiras quatro cirurgias robóticas foram realizadas com sucesso em Florença, Itália, incluindo três reconstruções complexas pós-traumáticas de membros inferiores, bem como uma reconstrução pós-oncológica de faringe.  

"Há uma clara demanda pela microcirurgia robótica em microcirurgia porque os limites da mão humana já foram atingidos. Fundamos a MMI para desenvolver um sistema robótico projetado para e com microcirurgiões que melhorará os resultados e atenderá as necessidades do paciente,, particularmente por meio de técnicas de microcirurgia que são necessárias para procedimentos linfáticos e outros procedimentos extremamente delicados. Temos o prazer de estar na vanguarda de uma nova era em cirurgia robótica ao lançarmos nosso Sistema Symani na Europa", disse Giuseppe Maria Prisco, cofundador e CEO da MMI.

O Symani Surgical System combina os benefícios de redução de tremor e dimensionamento de movimento (7-20x) com a menor instrumentação de pulso do mundo, oferecendo sete graus de liberdade e destreza além do alcance das mãos humanas. Os instrumentos NanoWrist® do sistema são projetados para superar os desafios de reconstruções com retalho livre, reimplantes, malformações congênitas, reparos de nervos periféricos e cirurgia linfática, que juntos representam mais de um milhão de procedimentos anuais apenas nos EUA e na Europa. 

"A microcirurgia e a supermicrocirurgia - como ferramenta, técnica e disciplina - continuam a evoluir. O uso da robótica é uma grande promessa para o avanço da especialidade da microcirurgia e melhora o atendimento aos pacientes afetados por traumas, câncer, malformações congênitas e até doenças crônicas como o linfedema", comentou L. Scott Levin, MD, FACS, FAOA, Presidente do Departamento de Cirurgia Ortopédica, Professor da Divisão de Cirurgia Plástica da Escola de Medicina da Universidade da Pensilvânia.  

"Estamos orgulhosos em trazer esta inovação aos pacientes europeus e esperamos permitir que cirurgiões em todo o mundo abordem procedimentos desafiadores em anatomia extremamente pequena com maior precisão, reprodutibilidade e eficiência", disse Hannah Teichmann, co-fundadora e vice-presidente de desenvolvimento clínico da MMI.

Sobre a MMI 

A Medical Microinstruments S.p.A. (MMI) foi fundada em 2015, perto de Pisa, Itália, para melhorar o desempenho cirúrgico por meio do desenvolvimento de um sistema robótico que permite aos cirurgiões obter melhores resultados em microcirurgia. O Symani Surgical System combina inovações proprietárias, incluindo os menores microinstrumentos de pulso do mundo, bem como tecnologias de redução de tremor e escala de movimento. Juntos, esses recursos poderosos permitem que mais cirurgiões realizem microcirurgia enquanto expandem o campo da microcirurgia. A MMI tem o apoio de investidores internacionais em tecnologia médica, incluindo Andera Partners, Panakes Partners, Fountain Healthcare Partners e Sambatech.

O Dr. Levin atua como consultor médico da empresa e recebeu compensação financeira da Medical Microinstruments S.p.A.

O sistema MMI para microcirurgia robótica está atualmente disponível apenas comercialmente na Área Econômica Europeia. www.mmimicro.com 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1320169/Symani_MMI.jpg 

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1320170/MMI_Logo.jpg

 

 

FONTE MMI SpA


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.