RELEASES EMPRESARIAIS

SEGUNDA-FEIRA, 2 DE NOVEMBRO DE 2020 - Horário 21:50
nbe
ECO/ PRNewswire - RevImmune avança com nova imunoterapia para COVID-19

BETHESDA, Maryland,, 2 de novembro de 2020 /PRNewswire/ -- A RevImmune, uma empresa privada de biotecnologia com sede em Paris, França e Bethesda, EUA, e que trabalha no desenvolvimento da CYT107 (Interleucina-7 humana recombinante) para doenças infecciosas, sepse e câncer, anunciou hoje que seu ensaio clínico internacional, randomizado e controlado "ILIAD-7" Fase II em pacientes em estado de saúde grave por causa da COVID-19, está aceitando pacientes em 5 locais nos EUA . O ensaio já está em andamento há algum tempo no Reino Unido e na França e começará em breve no Brasil. 

O ensaio clínico ILIAD-7 começou a inscrever pacientes no Barnes Jewish Hospital-Missouri Baptist Medical Center e na Washington University em St. Louis e em mais quatro locais: a Cleveland Clinic, o Stony Brook University Hospital, o University of Florida Medical Center e o Rutgers New Brunswick Medical Center. Locai adicionais serão acrescentados em breve.

O Dr. Kenneth Remy, médico-cientista da Washington University em St. Louis explica, "os dados dos últimos meses de nosso laboratório e uma crescente literatura de outros pesquisadores sobre a COVID-19 demonstraram que os pacientes têm uma perda prolongada e grave de linfócitos com uma supressão imunológica profunda, em vez de exclusivamente uma tempestade de citocinas. Os pacientes que sucumbem à COVID-19 têm uma perda mais grave de linfócitos e uma alta incidência do desenvolvimento de infecções secundárias adquiridas em hospital." 

A Dra. Vidula Vachharajani, Professora de Medicina na Cleveland Clinic Lerner College of Medicine, afirmou que "a IL-7 oferece uma possível maneira de restaurar a imunidade em pacientes com COVID-19 e pode reduzir a incidência de infecções secundárias adquiridas em hospitais." 

Até o momento, a CYT107 foi administrada em ensaios clínicos em mais de 500 pacientes com diversas doenças infecciosas, sepse e câncer, com excelente perfil de segurança e resultados encorajadores. O principal mecanismo de ação da CYT107 funciona para restaurar a função dos linfócitos e aumentar a sua proliferação, auxiliando assim na eliminação dos patógenos invasores.

O sucesso inicial com a CYT107 em pacientes criticamente afetados pela COVID-19, publicado no Journal of American Medical Association (JAMA) Open Network em agosto, mostrou que a CYT107 melhorou a contagem absoluta de linfócitos em 12 pacientes de uso compassivo com COVID-19.  

O tratamento com CYT107 que está sendo testado no atual ensaio clínico randomizado de fase II foi projetado para melhorar a sobrevida em pacientes em estado de saúde grave com hipoxemia e linfopenia grave (baixas contagens de linfócitos). O estudo está atualmente aceitando pacientes em 5 locais nos EUA e deve continuar até dezembro.

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1196997/RevImmune_Logo.jpg

FONTE RevImmune Inc


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.