RELEASES EMPRESARIAIS

TERÇA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2020 - Horário 14:48
nbe
ECO/ PRNewswire - Mercado imobiliário no interior paulista chama atenção em meio à pandemia. A compra de imóveis em Itu - SP está entre um dos principais alvos nos radares de compradores

SÃO PAULO, 3 de novembro de 2020 /PRNewswire/ -- O prolongamento ainda indefinido do isolamento social pegou todos os brasileiros de surpresa, especialmente o paulistano, acostumado com sua rotina de megalópole.

Com a necessidade deste isolamento, a população que buscava infraestrutura e mobilidade urbana nas regiões centrais das cidades passaram a questionar suas escolhas.

E embora a retração da economia tenha afetado o país como um todo, alguns setores, como o imobiliário, apresentam recuperação surpreendente. Depois das quedas em abril e maio, o setor vê com otimismo os números atuais, já que as vendas de imóveis, especialmente no interior paulista, chegaram a 85% do esperado para o período, segundo dados do Sindicato da Habitação (Secovi-SP).

Ainda segundo pesquisa realizada pelo sindicato, a pandemia causada pelo novo coronavírus lançou luz à novas prioridades dos paulistanos que, com a necessidade do home-office e as crianças em casa em tempo integral, buscam por mais conforto e qualidade de vida.

Isso fez com que aumentasse a procura por comprar casa em condomínios fechados pelo interior paulista, como Itu, por exemplo.

Segundo aponta a Marcelo Fortun ? Negócios Imobiliários, a busca por compra de casa em condomínio na cidade de Itu teve um aumento considerável e a tendência é que os números só cresçam.

Os brasileiros, especialmente os paulistanos, estão em busca de mais qualidade de vida e segundo aponta a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), os lançamentos e as vendas de imóveis na cidade de Itu, especialmente em condomínios fechados, cresce exponencialmente por diversos fatores, sendo o maior deles a facilitação das instituições financeiras para o financiamento de imóveis, que pode chegar a até 90% de seu valor. Partindo da premissa de qualidade de vida, ao invés de investir em imóveis na capital, o paulistano tem optado por imóveis maiores, mais seguros e especialmente em condomínios com todas as conveniências oferecidas, como salão de jogos, quadras, academias etc.

É fato que a pandemia causada pelo conronavírus alterou a nossa rotina em todas as esferas das nossas vidas. Estamos, cada vez mais, nos acostumando ao novo normal.

 

FONTE Marcelo Fortun Negócios Imobiliários


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.