RELEASES EMPRESARIAIS

QUARTA-FEIRA, 11 DE NOVEMBRO DE 2020 - Horário 14:08
nbe
ECO/ PRNewswire - Na contramão do mercado, empresas de recrutamento e seleção lutam para preencher vagas na área de TI

SÃO PAULO, 11 de novembro de 2020 /PRNewswire/ -- Enquanto boa parte das empresas no Brasil fecham vagas, pressionadas pela crise sanitária causada pela Covi-19, a área de TI enfrenta um cenário completamente diferente: a dificuldade que empresas de recrutamento e seleção têm em preencher essas vagas.

Segundo Rita Gelpi, sócia-fundadora da GO RH, uma das empresas de recrutamento e seleção mais requisitadas para o preenchimento de vagas na área de TI, considera que essa dificuldade vem do fato de a procura ser mais alta que a demanda, pois além de as empresas exigirem cada vez mais qualificação desses profissionais, aqueles que são qualificados para a vaga não buscam apenas um bom salário, "Essas pessoas buscam um ambiente desafiador e de excelência técnica. Querem trabalhar com as melhores pessoas da área com quem poderão aprender e trocar bastante conhecimento" ? comenta Rita.

Contratar desenvolvedor é uma tarefa mais técnica e analítica do que outras contratações. Além de os melhores profissionais serem disputados pelas empresas, eles ainda precisam ser avaliados, considerando o perfil comportamental e técnico. E esse tipo de análise não estará exposta em um currículo.

"Divulgar a vaga de TI, realizar a triagem de perfis, identificar e avaliar o perfil de cada candidato, fazer entrevistas, lidar com prazos, dar feedback a todos e promover uma boa experiência para o candidato, são algumas das tarefas de quem será responsável pelo processo de recrutamento e seleção especializado em TI." conta Thais Vaz, sócia-fundadora da GO RH.

É importante dizer, por fim, que o trabalho com profissionais de TI não acaba na contratação. Isso porque o turnover pode ser bastante significativo nesse setor ? é bastante comum que esses colaboradores recebam convites para novas oportunidades. Por isso, o RH deve atuar também na retenção desses talentos.

Os profissionais são os principais recursos de uma empresa, seja qual for o seu setor, e devem ser tratados como tal. Nesse sentido, é importante oferecer avaliações, treinamentos e feedbacks frequentes, e isso vale tanto para gestores quanto outros colaboradores. O funcionário deve saber exatamente o que a organização espera dele, os pontos que podem ser melhorados e os impactos positivos do seu trabalho, além de ter sempre um espaço para realizar sugestões e críticas.

FONTE Go RH


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.