RELEASES EMPRESARIAIS

QUARTA-FEIRA, 17 DE FEVEREIRO DE 2021 - Horário 22:40
nbe
ECO/ PRNewswire - Teste de saliva para COVID-19 da Seegene é tão efetivo quanto NPS

SEUL, Coreia do Sul, 17 de fevereiro de 2021 /PRNewswire/ -- Novo estudo mostra que o teste de saliva para COVID-19, menos invasivo, provê resultados tão precisos quanto o teste feito com amostras de swab nasofaríngeo (NPS - nasopharyngeal specimen).

Um time de pesquisadores do Departamento de Medicina Laboratorial da sul-coreana Kangwon National University School of Medicine, liderado pelo professor In-bum Suh, realizou o teste de PCR para COVID-19 em 90 indivíduos hospitalizados com suspeita para a doença por ambos os métodos, saliva e swab nasofaríngeo. Para obtenção de material suficiente, as amostras foram coletadas de participantes do estudo orientados a evitar qualquer atividade, incluindo comer, beber ou fumar, por 30 minutos após acordarem pela manhã.

Para o estudo, o time de pesquisa utilizou os carros-chefe para COVID-19 da Seegene, Allplex? SARS-CoV-2 Assay e Allplex? SARS-CoV-2/FluA/FluB/RSV Assay, ambos com marcação CE-IVD e registrados na Anvisa. O Allplex? SARS-CoV-2 Assay detecta 4 genes-alvo diferentes para COVID-19, enquanto o Allplex? SARS-CoV-2/FluA/FluB/RSV Assay detecta e diferencia 8 genes-alvo de COVID-19 e gripes comuns causadas por Influenza e RSV.

Como resultado, ambos os produtos, Allplex? SARS-CoV-2 Assay e Allplex? SARS-CoV-2/FluA/FluB/RSV Assay, mostraram que a taxa de coincidência entre os métodos de saliva e swab nasofaríngeo para a detecção de COVID-19 é de mais de 98,8%. Isto significa que os testes diagnósticos para COVID-19 da Seegene fornecem resultados igualmente precisos e efetivos, tanto para amostras coletadas de saliva quanto de amostras coletadas por swab nasofaríngeo.

O Professor Suh, pesquisador-líder da equipe, afirmou que "a demanda por testes de COVID-19 baseados em saliva está aumentando, visto que o mundo ainda enfrenta uma batalha contra a escassez de materiais (swabs) para coleta de amostra nasofaríngea". Adiciona ainda que o estudo "provou claramente que os testes de saliva são tão acurados e efetivos quanto os nasofaríngeos no diagnóstico preciso da COVID-19".

O time de pesquisa conduziu também um estudo separado com o método sem extração, isto é, sem o passo de extração de ácido nucleico, e observou que a taxa de coincidência entre o teste de saliva sem extração e o teste nasofaríngeo sem extração é de mais de 96%. Em outras palavras, o método sem extração com amostras de saliva é igualmente aplicável ao teste de PCR para a detecção do SARS-COV-2.

Geralmente, nos testes de PCR para COVID-19, o processo de extração de ácidos nucleicos é considerado um pré-requisito, visando isolar e purificar os ácidos nucleicos das amostras. Dependendo das circunstâncias, entretanto, alguns países podem não estar totalmente equipados para conduzir o processo de extração. Alguns até mesmo enfrentam escassez de reagentes, mesmo com aumento de capacidade de teste, o que eventualmente leva diversos laboratórios a recorrer ao método sem extração.

As implicações deste estudo serão apresentadas durante o 28ª Tri-Conferência Internacional de Medicina Molecular. A conferência de 3 dias ocorrerá online devido à pandemia de COVID-19, começando em 16 de Fevereiro. A Tri-Conferência Internacional de Medicina Molecular é um dos principais encontros internacionais da comunidade de medicina de precisão, onde líderes são convidados a discutir as mais recentes pesquisas e tecnologias diagnósticas e bioterapias da COVID-19.

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1357790/Seegene_logo_Logo.jpg

 

FONTE Seegene Inc.


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.