RELEASES EMPRESARIAIS

SEXTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2021 - Horário 1:32
nbe
ECO/ PRNewswire - Adani Green Energy levanta US$ 1,35 bilhão em um dos maiores acordos de financiamento de projetos da Ásia

AHMEDABAD, Índia, 19 de março de 2021 /PRNewswire/ -- A Adani Green Energy Limited (AGEL) levantou um debt package de 1,35 bilhão de dólares americanos para seu portfólio de ativos renováveis em construção por meio de acordos definitivos assinados com um grupo de importantes credores internacionais. A linha de crédito de financiamento do projeto financiaria inicialmente o portfólio híbrido de 1,69 GW de projetos de energia renovável solar e eólica a serem instalados em quatro SPVs no Estado de Rajasthan, Índia. 

Segundo o acordo, 12 bancos internacionais - Standard Chartered Bank, Intesa Sanpaolo S.p.A, MUFG Bank, Sumitomo Mitsui Banking Corporation, Coöperatieve Rabobank U.A., DBS Bank Ltd., Mizuho Bank, Ltd., BNP Paribas, Barclays Bank PLC, Deutsche Bank AG, Siemens Bank GmbH e ING Bank N.V comprometeram-se com a linha de crédito, que será o primeiro empréstimo de projeto híbrido verde certificado na Índia. O novo pool de liquidez fortalece a estratégia da AGEL de financiar totalmente seu ativo em construção e é um bom presságio para sua visão de aumentar a capacidade para 25 GW até 2025. 

A linha de crédito é um elemento importante do plano geral de gestão de capital da AGEL e é fundamental para subsidiar plenamente suas aspirações de crescimento. O acordo definitivo estabelece uma estrutura de financiamento de princípios e procedimentos acordados sob os quais a AGEL se comprometerá com os financiadores para obter financiamento de forma eficiente e rápida para todos os projetos futuros, de acordo com os parâmetros limite acordados.

A linha de crédito destaca a filosofia de desenvolvimento geral das empresas do portfólio da Adani implementadas por meio da estrutura de excelência em projeto desenvolvido internamente, comprometida em seguir os Princípios do Equador e o mais alto padrão e auditoria, atendendo todos os aspectos padrão internacionais ambientais, sociais e de governança (ESG).

Ao comentar sobre este desenvolvimento, o Sr. Vneet Jaain, MD & CEO da AGEL, disse: "Consideramos isso como mais uma validação de nossa capacidade de execução no espaço renovável. Estamos empenhados em produzir o elétron verde menos oneroso e o ritmo e escala que adotamos nos colocam bem à frente neste caminho. Acreditamos que estabelecer profundidade e diversidade em nossos recursos de financiamento é fundamental para a visão da AGEL de se tornar o maior player renovável do mundo. Os bancos que se comprometeram com esta transação estratégica são nossos principais parceiros para garantir o acesso contínuo a capital global em nosso portfólio de ativos renováveis subjacentes. A instalação também garantirá as necessidades de reciclagem de capital dos bancos e disponibilizará o mesmo capital para futuros projetos da AGEL. Essa natureza evolutiva da linha de crédito ajudará a AGEL a atingir sua meta de um portfólio de 25 GW até 2025. Além disso, posiciona bem a AGEL para obter crescimento no atraente setor de energias renováveis da Índia." 

Cada um dos parceiros de empréstimo que aderiram a esta linha de crédito teve um papel distinto. O Standard Chartered Bank, por exemplo, atuou como principal subscritor, Mandated Lead Arranger, Bookrunner (MLAB), consultor de auditoria ambiental, banco de codocumentação e coordenador de empréstimo verde para a linha de crédito. Da mesma forma, o MUFG Bank desempenhou o papel de MLAB, banco técnico e coordenador de empréstimos coverdes. Além disso, o BNP Paribas atuou como MLAB, codocumentação DBS Bank Ltd atuou como MLAB, banco de contas e Mizuho foi o MLAB, banco de modelagem financeira. Intesa Sanpaolo S.p.A, Sumitomo Mitsui Banking Corporation, Coöperatieve Rabobank U.A, Barclays Bank PLC, Deutsche Bank AG, Siemens Bank GmbH e ING Bank N.V. atuaram como MLABs para a linha de crédito.

Entre outros parceiros, enquanto a Latham & Watkins LLP e Luthra & Luthra representaram o Conselho do tomador, o Conselho dos credores foi representado por Linklaters e Cyril Amarchand Mangaldas. A Tractebel Engineering Private Limited atuou como consultor técnico do credor, UL atuou como consultor de avaliação de rendimento energético dos credores, a ERM atuou consultor ambiental e social dos credores, a Arcadis atuou como consultor de auditoria ambiental e social dos credores, a Deloitte atuou como consultor de auditoria de modelos financeiros, a Marsh atuou como agente de seguros dos credores e a KPMG atuou como Provedor independente de garantia para o Green Loan.

Sobre a Adani Green Energy Limited 

A Adani Green Energy Limited ("AGEL"), parte do grupo Adani com sede na Índia, tem um dos maiores portfólios renováveis globais com mais de 14.815 MW de projetos em operação, em construção e licitações ganhas que atendem a contrapartes de classe de investimento. A empresa desenvolve, constrói, possui, opera e mantém projetos de parques eólicos e solares conectados à rede em escala de serviços públicos. Os principais clientes da AGEL incluem a National Thermal Power Corporation ("NTPC") e a Solar Energy Corporation of India ("SECI") e várias empresas estatais de distribuição. Listada em 2018, a AGEL hoje é uma empresa de valor de mercado de US$ 25,03 bilhões, ajudando a Índia a atingir suas metas da COP21. Neste ano fiscal, a Mercom Capital, a think tank sediada nos EUA, classificou o Adani Group como o principal proprietário global de ativos de geração de energia solar. Para mais detalhes: www.adanigreenenergy.com

Para dúvidas de mídia: Roy Paul roy.paul@adani.com

Logotipo: https://mma.prnewswire.com/media/1459130/Adani_Renewables_Logo.jpg

 

FONTE Adani Green Energy Ltd


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.