RELEASES EMPRESARIAIS

TERÇA-FEIRA, 23 DE MARÇO DE 2021 - Horário 10:58
nbe
ECO/ PRNewswire - Prêmio Global Energy 2021 - número recorde de países participantes

MOSCOU, 23 de março de 2021 /PRNewswire/ -- O Prêmio Global Energy concluiu seu ciclo de indicações para 2020/2021, estabelecendo novos recordes, apesar da pandemia. 

Trinta e seis países estão representados na longa lista de indicados, três vezes o número de 2019 (12 países) e quase quase vezes o numero de 2020 (20 países).  A lista inclui acadêmicos da América do Norte e Europa Ocidental, mas também pela primeira vez de nações como Argélia, Burkina Faso, Camarões, Egito, Gana, Gâmbia, Hungria, Jordânia, Letônia, Madagascar, México, Nigéria, Togo, Uruguai e Zimbábue. Regras rigorosas e os mais altos padrões acadêmicos foram mantidos. 

Pela primeira vez na história do prêmio, há quatro mulheres candidatas ? da Índia, Cazaquistão, Estados Unidos e Zimbábue. 

A geografia expandida do prêmio destaca o prestígio ampliado, estimulado pela cooperação com o Conselho Mundial de Energia em Londres e a promoção ativa da agenda de objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU. 

Também houve a ampliação da posição internacional do Conselho de Administração, incluindo o diretor geral da Association of Power Utilities of Africa, Abel Didier Tella, bem como o ex-presidente do Uruguai, Julio Maria Sanguinetti Coirolo, e o fundador do grupo Influence, de Londres-Bruxelas, Peter Wilding. 

Dentre as 106 indicações, 34 são dedicadas à energia convencional, 45 à energia não convencional e 27 a novas formas de aplicação de energia, incluindo uma subcategoria "gestão". Elas estão alinhadas com as tendências energéticas globais e a previsão da Agência Internacional de Energia de uma expansão de fontes de energia renovável em países ricos e na crescente demanda de combustíveis fósseis na região da Ásia-Pacífico. 

Os especialistas independentes avaliarão os candidatos, com critérios que incluem "novidade", valor científico e prático. Será criada uma lista de 15 candidatos finalistas com base no número mais alto de pontos médios em cada categoria. 

A lista de finalistas será avaliada pelo Comitê internacional - 20 acadêmicos de 14 países. Este ano, o Comitê se reunirá durante o fórum de petróleo e gás do Tataristão em Kazan (6 a 7 de setembro). As apresentações dos prêmios serão feitas durante o fórum internacional da Russian Energy Week em Moscou no outono de 2021. 

A apresentação de 2020 (adiada pela pandemia) será realizada em junho, em conjunto com o Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo (2 a 5 de junho), organizado pela Roscongress Foundation.

A Global Energy Association é uma organização não comercial com sede em Moscou. Entre os membros da associação estão a Gazprom, a Surgutneftegas e a Rosseti FGC UES. 

 

  

 

FONTE The Global Energy Association


© 2014 Todos os direitos reservados a O Globo e Agência O Globo. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.